Dicas Negócios

Como organizar suas finanças pessoais?

Quando falamos em organizar as finanças pessoais, temos que aprender a planejar e controlar nosso dinheiro. E a disciplina é a regra número 1.

Dicas de como organizar as finanças pessoais e familiar.

Esse post tem como objetivo apresentar dicas para que você seja capaz de planejar sua vida financeira. Abaixo segue alguns hábitos que irão te ajudar. Lembre-se que para criá-lo é preciso estar em contato com ele todos os dias:

1. Coloque na ponta do lápis todas as suas despesas e receitas (contas de luz, gás, telefone, IPTU, IPVA, faturas do cartão de crédito, boletos e carnês diversos); anote também os vencimentos.

2. Faça um planejamento financeiro mensal. Faça as perguntas: Quanto eu realmente ganho por mês? Quanto gasto por mês? Sobra ou falta dinheiro a cada mês?

Você nunca deve ter suas despesas mais altas que sua receita. Da sua renda total, reserve 20% para projetos e 5% da renda deve ser gastos com lazer e diversão.

3. Defina projetos e estimule a economia de dinheiro para adquirir algo especial. Abra uma poupança e deixe um pouco por mês para emergências.

4. Se seu planejamento está pronto e você vê que está gastando muito comendo fora, passe a levar marmita. Se verificou que toma café todos os dias no bar e poderia tomar em casa ou no serviço sem gastar, prefira economizar.

5. Compartilhe com à família o seu planejamento financeiro pois podem haver mudanças necessárias que precise da colaboração de todos.

6. Está com dívidas? Defina os prazos possíveis para quitá-las. Evite ao máximo entrar no cheque especial e as compras a prazo. Controle o uso do cartão de crédito. Fique de olho nos gastos excessivos e evite empréstimos.

7. Para àqueles que precisam de uma ajudinha, existem muitos aplicativos capazes de ajudar a colocar as contas em ordem. Você também pode optar pelo débito automático, essa é uma boa maneira de não perder os vencimentos, mas faça isso somente se tiver dinheiro na conta.

Após ler esse post você está apto a organizar o seu orçamento individual e familiar. Boa Sorte!

Compartilhe nas redes sociais: